Serviços

Atendimento Emergencial
Terapia Familiar

A Terapia Comportamental, ou Terapia Analítico Comportamental é uma forma de intervenção aos problemas psicológicos que se destaca pela objetividade e pelos resultados mensuráveis. Possui um amplo conjunto de técnicas bem descritas e constantamente testadas em situações e problemas abordados pela psicologia aplicada.

 

A terapeuta comportamental entende que o cliente é único e seus problemas ou dificuldades são produto de uma história particular. Isso humaniza o processo de terapia, pois busca-se entender cada cliente e cada história, antes de propor qualquer intervenção. O principal instrumento da terapeuta comportamental é a análise funcional, ou o levantamento criterioso das variáveis (eventos, acontecimentos) que estejam funcionalmente relacionados aos comportamentos desejáveis e indesejáveis do cliente. Tendo este entendimento, que nem sempre é fácil, é possível propor uma estratégia eficaz no alcance do bem-estar e da melhora. Abordam-se os comportamentos-problema, ao mesmo tempo em que busca-se instalar e aumentar a freqüência de comportamentos adequados ao contexto, desejáveis, funcionais e geradores de satisfação e felicidade. A terapia comportamental tem um conjunto considerável de técnicas derivadas de pesquisas, em laboratório ou no próprio consultório.

A morte de um ente querido, uma separação afetiva, desemprego são alguns exemplos de acontecimentos marcantes que podem Levar uma pessoa a um estado de emergência psicológica.

 

Emergência psicológica, portanto, é um momento na vida onde vivenciamos um intenso abalo que gera um grande sofrimento. Este sofrimento pode ser um desespero, um medo muito grande, uma ansiedade que nos faz temer o descontrole, um momento de tristeza e vazio onde nós sentimos nossa vida sem sentido, enfim poderíamos enumerar inúmeros exemplos de emergência psicológica, mas independente do porque ela se dá na vida de uma pessoa, que varia conforme o caso, devemos frisar que emergência psicológica é um momento onde a pessoa se encontra perdida e muitas vezes não reconhece em si os elementos saudáveis fundamentais para sair mesmo que parcialmente do seu sofrimento.

 

É nesse momento que o psicólogo pode ser útil, ele é o profissional apto a ouvir, acolher, compreender, traduzir em palavras aquele sofrimento que em si parece indizível, fazer a pessoa entrar em contato com elementos de si ou de sua história de vida que ainda não foram considerados e que podem ser a porta de saída daquele estado a princípio aparentemente insolúvel. Muitas vezes precisamos de chão para pisar e espelhos para nos ver melhor, sozinhos não raro não encontramos nem este chão firme para nos sentirmos seguros nem este reflexo tão importante para nos situarmos, neste momento é importante o outro, importante dizer para alguém, importante ouvir de alguém, é através do outro que nos formamos, é com o outro que nos transformamos.

A terapia de família é um método de tratamento das relações familiares. É um tipo de terapia que ajuda as pessoas a compreender e melhorar a forma de cada membro da família interagir uns com os outros e resolver os conflitos existentes. Envolve a família toda ou vários membros, todos juntos com o terapeuta, mas também pode haver sessões individuais com um ou outro membro. A terapia de família pode ajudar as pessoas a se comunicar melhor e aprender a se relacionar de uma forma mais saudável, respeitando sempre os valores morais e religiosos de cada família. Cada família tem seus pontos fortes e fracos, e usa de forma adequada seu potencial quando precisa enfrentar uma crise. Mas mesmo as melhores famílias podem sentir a necessidade de uma ajuda especializada, que a ajude a ir além dos seus recursos usuais.

 

A procura por esse tipo de terapia pode se dar por vários motivos. Geralmente a família vem quando apresenta um problema grave, como transtorno psíquico de um dos membros, abuso de álcool ou drogas, ou a iminência de uma separação, e situações de luto. Pode ser indicada quando um membro da família está com um problema e as relações familiares podem estar contribuindo para aumentar ou manter esse problema, ou quando a família precisa de apoio e orientação de como lidar com o distúrbio de um dos membros (caso da esquizofrenia, ou drogadição, por ex.) No entanto, a terapia familiar também é muito útil se a família está tendo dificuldades de relacionamento, ou passa por uma crise gerada por pequenos conflitos que se repetem no dia-a-dia e fazem sua qualidade de vida ficar ruim. E também para famílias que estão passando por alguma transformação, ou fases de ciclo de vida normais (filhos em fase de desenvolvimento, ou adolescentes, ninho vazio -quando os filhos saem de casa-, etc) e precisam de uma orientação de como passar por ela sem maiores dificuldades. A família pode aprender novas formas de se comunicar, de resolver problemas de forma mais eficaz, melhorar, fortalecer o papel dos pais como educadores, etc.

Por mais que os trâmites para colocar um ponto final nos enlaces matrimoniais estejam menos burocráticos, ninguém se casa já achando que pode não dar certo. Quem realmente está em busca de um amor verdadeiro e tranquilo, e crê que já encontrou, não desiste fácil diante da primeira dificuldade.

 

Quando as brigas tomam o lugar do diálogo na hora de resolver pendências, há casais que procuram uma terceira pessoa para interferir positivamente na relação. E um desses socorros está na terapia de casal. O profissional especializado no assunto não tem o objetivo de sugerir comportamentos, nem de ditar o que cada parte deve fazer, mas trabalha como facilitador da comunicação.

 

A terapia de casal se faz necessária quando o diálogo cessa ou se torna inviável. Entre as razões que motivam os casais a procurar uma terapia estão traição, distanciamento ou agressividade aparentemente sem motivo por uma ou ambas as partes e fortes motivações para atividades que excluem o parceiro.

Terapia Individual
Terapia de Casal
Seja feliz. Faça terapia.
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn ícone social
  • YouTube Social  Icon
  • Google+ Social Icon
  • Instagram Social Icon
Agende sua consulta.

Fale com a Dra. Juliana

Telefone: 43 98821.8081

Whatsapp: 43 8821.8081

Rua João Wyclif 111, sala 505

Gleba Palhano

Londrina, Paraná

CEP: 86.050-450

Nosso endereço.

© 2015 por Instituto Comporte-se. Análise do Comportamento. Dra. Juliana Bordin.